LOG IN ALUNOS

LOG IN PROFESSORES

ACESSO RESTRITO

Por que é importante aprender Filosofia?

Professor do Colégio do Carmo explica que pensar é quebrar paradigmas

Ao pesquisar no dicionário descobrimos que Filosofia significa, entre outros, investigação das causas e dos efeitos, algo que nos coloca acima dos acidentes da vida, dos falsos preconceitos, do amor das riquezas.

 

Para o filósofo e professor Diego Monsalvo, a Filosofia nos leva a pensar, e pensar é princípio de mudança e o bem pensar leva certamente a uma boa mudança, leva a construção do cidadão ativo, do co-cidadão participativo.

 

Autor de diversos livros, entre eles, o recém-lançado ‘Sujeito Oculto Inventa-se’ (Quártica Editora), que tem o objetivo de incentivar o potencial poético dos jovens e adultos, Monsalvo possui 12 anos de experiência educativa, cinco deles ministrando aulas para o ensino médio no Colégio do Carmo, localizado no litoral sul de São Paulo.

 

Na entrevista abaixo, Monsalvo fala sobre a importância desta matéria, que voltou ao currículo escolar em 2008, após ficar 40 anos banida pela Ditadura Militar.

 

Como é dar aulas para os adolescentes?

Dar aulas é sempre uma aventura em que o empenho do professor tem de ser específico e interdisciplinar ao mesmo tempo. Quando nos deparamos com uma sala, se abrem aos nossos olhos todos os anseios, vontades, características infindas que os alunos trazem em si mesmos num momento em que toda significação da vida está, ou entra, em jogo.

 

O que é preciso fazer para que eles se envolvam com a disciplina?

Temos de levar os alunos a buscarem sentido e significado para suas vidas, e pensarem que um mundo melhor é viável e que esse não é “o melhor dos mundos possíveis”.

 

Isso quer dizer que com as aulas, eles se tornam mais questionadores?

Sim. Para que, já essa geração, não fuja ou determine como impossíveis os seus sonhos, mas reflitam profundamente até que ponto são sonhos que nasceram de aspirações, de vontades próprias, enfim, de desejos libertos e autênticos e não produtos encomendados da tecnologia. Até que ponto não são sonhos induzidos para fazer valer a lei da inércia na condição humana? Até que ponto estamos sendo contados como seres humanos capazes de mudança? Quanto vale um sonho? Será que não estamos vendendo nossos sonhos a cada instante a preço nenhum? Há quanto tempo estamos dando nossas cabeças para outros, por elas, pensarem?

 

Esse seria o motivo da disciplina ficar afastada das escolas por tanto tempo?

Infelizmente está em nossa cultura ideológica a intenção de se formar cientistas antes mesmo de formarmos seres humanos em sua integridade.

 

Então, a Filosofia ajuda e complementa o aprendizado de outras disciplinas?

Somos, ainda, o resultado de um organismo social, onde se produziu de nosso início enquanto ‘pátria brasilis’ até os primeiros anos do século XXI o descaso e indiferença para com a miséria material, moral e intelectual. Se formos além do entendimento de que a pessoa é mais do que mera estatística, começaremos a nos autodeterminar e a virarmos conteúdos reais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colégio do CARMO

Rua Egídio Martins, 181
Cep: 11030-902 - Santos/SP
TELEFONE: (13) 3269-5757
E-MAIL: carmo@carmo.com.br

Siga nossas redes sociais

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram